Cienciometria e pesca artesanal: artigo publicado na PLOS ONE conta com colaboração de membros do LACOS 21!

Artisanal Fisheries Research: A Need For Globalization?

O artigo “Artisanal Fisheries Research: A Need For Globalization?” escrito por pesquisadores do LACOS 21 e colaboradores foi um dos artigos publicados em março na revista científica eletrônica PLOS ONE. Com menos de um mês, a publicação já conta com quase 700 visualizações.

Trabalharam na publicação o mestrando Gilmar Júnior, a professora Ana Malhado e o professor Richard Ladle, coordenadores do laboratório. O trabalho também contou com colaboração de Luana P. S. Silva e Nidia N. Fabré do Laboratório de Ecologia, Peixes e Pesca, e do professor Vandick S. Batista do Laboratório de Conservação e Manejo de Recursos Naturais.

Com base na Cienciometria, o artigo destaca a importância da influência das produções científicas entre países desenvolvidos e países emergentes em relação às pesquisas em determinados locais com maior necessidade. Para corroborar a tese, a pesca artesanal foi adotada como exemplo válido de prática que ocorre em todo mundo, mas que tem gerado pesquisas com limitações substanciais em função da localização sociopolítica onde são desenvolvidas.

“O enfoque principal do artigo é testar a influência que a produção de pesquisa por grupos de pesquisadores de diversas regiões do mundo exerce sobre o impacto do conhecimento gerado, usando como pano de fundo o exemplo da pesca artesanal“, explica Gilmar.

De acordo com o artigo, foram analisados 661 estudos sobre pesca artesanal, onde foi constatado que, mesmo com a prática sendo amplamente mais utilizada em países subdesenvolvidos, grande parte das publicações são de países desenvolvidos do hemisfério norte.

De acordo com o pesquisador, a ideia do trabalho surgiu em 2014, com o começo da coleta e análise dos dados em outubro do mesmo ano. “Em janeiro de 2015 já tínhamos uma versão pronta do manuscrito. Desde então, começamos a luta de devoluções e correções até chegar a versão que temos hoje aceita pela PLOS ONE.”

Você pode ler o artigo na íntegra aqui (em inglês).

Com publicações desde dezembro de 2006, a PLOS ONE trabalha em sua maioria com pesquisas de caráter primário de qualquer área de atuação da ciência e da medicina, sendo a única revista científica da Public Library of Science disponível apenas online, com atual fator de impacto de 3,234 (2014).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s