Integrantes do LACOS 21 participam da BIPAI 2017 e recebem premiações

Este slideshow necessita de JavaScript.

No dia 26 de maio aconteceu a Banca de Indução à Produção de Alto Impacto (BIPAI), no PPG em Diversidade Biológica e Conservação nos Trópicos, que tem por objetivo avaliar se os projetos de mestrado e doutorado dos discentes do curso são inovadores e passíveis de publicação em revistas de Alto Impacto. Este ano o evento contou com a presença dos professores Dr. Laurício Endres (CECA/UFAL), Dra. Patrícia Medeiros (CECA/UFAL), Dr. Rodrigo Torres (UFPE) e Dr. Ulysses Albuquerque (UFRPE).

Os discentes apresentam suas propostas de pesquisa e os convidados promoveram discussões a fim de contribuir em seus projetos. E, claro, os membros do LACOS 21 estavam presentes na ocasião!

O mestrando Felipe Alexandre levou o tema “O papel de Áreas Protegidas na manutenção dos Serviços Ecossistêmicos Culturais no litoral brasileiro”, que tem por finalidade identificar, mapear e estabelecer relações entre esse tipo de serviço ecossistêmico e as áreas protegidas presentes no litoral brasileiro. Já o doutorando Jhonatan Guedes trouxe a proposta “Índices de Resiliência Social e Pressão sobre Áreas Protegidas: efeitos sobre eventos PADDD” tendo como objetivo identificar áreas protegidas vulneráveis a eventos PADDD a partir de índices sócio-culturais e índices de pressão sobre Áreas Protegidas.

Finalizando o evento, aconteceu também a entrega de premiações. O primeiro prêmio entregue foi para os projetos avaliados, pela casa, como de forte caráter inovador e promissores das turmas de 2015 e 2016. Esses projetos selecionados pelo PPG DIBICT estão agora concorrendo a nível nacional ao “Prêmio CAPES”. E, dentre os selecionados estiveram dois integrantes do LACOS 21!

Na turma de 2015 o projeto premiado foi da recém mestre Norah Costa Gamarra, que resultou na dissertação intitulada: “O valor das áreas protegidas para além da conservação da natureza: Identificação de assets em Unidades de Conservação Federais”. Na turma de 2016, o prêmio ficou para o mestrando Janisson Santos e seu projeto que tem como título a “Visibilidade cultural e científica dos mamíferos: uma análise usando culturomics”.

Mãe de Norah Gamarra e Profª Nídia Fabré

Orientador Richard Ladle e Mestrando Janisson Santos

Outro prêmio entregue na oportunidade, onde um integrante do LACOS 21 foi contemplado, foi o “Destaque acadêmico-científico Doutorado 2017”, que ficou para o nosso doutorando Gilmar Oliveira, dividindo com outro membro PPG DIBICT, João Firmino. Essa premiação leva em consideração as notas do discente e suas publicações em artigos científicos.

Orientador Vandick Batista e Doutorando Gilmar Júnior

Todos os representantes do LACOS 21 fizeram bastante sucesso e nos encheram de orgulho. Parabéns, pessoal!

Por Nicolli Albuquerque e Norah Gamarra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s