Projetos

Resumo dos Projetos do Lacos 21

Em Andamento:

PELD APA Costa dos Corais AL

Resumo: Situado na costa nordestina, a Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais (APACC) é a maior unidade de conservação federal marinha do Brasil. A APACC abrange mais de 400mil ha de área e cerca de 120 km de praias e manguezais, situados predominantemente no estado de Alagoas (oito municípios, incluindo Maceió e todos os municípios do litoral norte) e abrangendo também parte do sul do estado de Pernambuco (três municípios). É classificada como unidade de conservação de uso sustentável, buscando coadunar os objetivos de conservação/preservação ambiental e os usos direto (pesca) e indireto (turismo e pesquisa) dos recursos naturais de maneira sustentável. Aqui, propomos um sistema integrado de monitoramento a longo prazo dos processos ecológicos e sociais essenciais que ocorrem dentro do sistema sócio-ecológico da APACC. Paralelamente, iremos fornecer informações básicas sobre o estado das espécies-alvo (e.g. peixe-boi), assim como identificar mudanças no ambiente biofísico e cultural que podem ajudar a identificar prioridades de conservação e monitorar os efeitos de gestão a médio e longo prazos.

Coordenação: Prof. Dr. Richard James Ladle (coordenador) e Profa. Dra. Nidia Noemi Fabré (vice-coordenação)

Instituições Colaboradoras: Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH), Instituto de Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA), Instituto Federal de Alagoas (IFAL), ONG BIOTA, ONG YANDÊ, Oxford University (Inglaterra), Ludwig Maximilian University of Munich (Alemanha), University of California (Berkeley).

Projetos PIBIC

  1. Fragmentos Florestais de Mata Atlântica e Caatinga prioritários para conservação no Estado de Alagoas. [Resumo: Alagoas é área de domínio do sistema canavieiro, o que afetou diretamente o bioma Mata Atlântica. O bioma Caatinga, por sua vez, encontra-se altamente desmatado e ameaçado, devido exploração de recursos naturais de maneira insustentável. Em decorrência do desmatamento, a perda de habitat levou ao aumento dos conflitos entre fauna silvestre e ambientes antrópicos. Sendo assim, Centros de Reabilitação de Animais Silvestre e ONGs, tem papel importante, quando ocorrem esses conflitos, triando a fauna silvestre e realocando ao local de origem, sempre que possível. O objetivo do projeto é identificar fragmentos florestais de Mata Atlântica e Caatinga em Alagoas com capacidade para abrigar espécies visando sua conservação. [Orientação: Richard J. Ladle / Alunos: Thainá Lessa Pontes Silva e Anderson Santos]
  2. Biogeografia Funcinal de Sementes em Espécies Lenhosas da Caatinga. [Resumo: As características fenotípicas das sementes variam entre espécies de plantas, refletindo a história evolutiva e pressões de seleção natural sob uma determinada espécie. As diferenças em características funcionais de sementes entre regiões podem ser consequência de barreiras históricas à dispersão que limitaram a difusão dos táxon com determinadas características ou como consequência de mudanças paleo-climáticas globais. Padrões taxonômicos indicam as características funcionais de sementes que poderão limitar a distribuição geográfica de determinados táxon. Esse tipo de abordagem pode ajudar na compreensão das ameaças à caatinga como a desertificação e o desmatamento. A vulnerabilidade da Caatinga pode está associado a uma análise combinada de mudança ecológica e climática atual. Modelos climáticos recentes indicam que o nordeste brasileiro será uma das regiões  mais  afetadas  pelas  mudanças  climáticas,  podendo  sofrer  uma  redução  de chuvas no século. De fato, tais mudanças  já podem ser observadas: em 2012 o nordeste brasileiro experimentou uma drástica seca  que  impactou  fortemente  sua  vegetação. [Orientação: Ana Cláudia M. Malhado / Alunos: Nicolli Albuquerque de Carvalho e Mylena Amy de Oliveira]
  3. Analise do conhecimento científico produzido sobre a Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais (APACC). [Resumo: A Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais (APACC) é a maior Unidade de Conservação (UC) marinha do Brasil, se estendendo por cerca de 400 mil hectares ao longo de 120 km de linha de costa que abrange municípios litorâneos entre os estados de Alagoas e Pernambuco. Conhecer o que já foi produzido na APACC será de grande valia e servirá como ponto de partida e norte para as pesquisas vindouras. Nesse projeto realizaremos um levantamento sobre o conhecimento produzido até o momento na APA Costa dos Corais, através de uma busca sistemática de documentos e dados de literatura científica e cinza (cienciometria), a fim de apoiar a construção de uma baseline para o Projeto Ecológico de Longa Duração – APA Costa dos Corais (PELD-CCAL). Iremos mapear a distribuição geográfica do conhecimento produzido através de um sistema de informação geográfica (GIS), e analisar temporalmente do conhecimento produzido. [Orientação: Chiara Bragagnolo / Alunos: Evelynne Letícia dos Santos Farias Cardoso de Barros e Inaê Farias Vieira Dantas]

     

Encerrados:

Projetos PIBIC

2015

  1. Desenvolvimento de Índices e Mapas do Valor Cultural das Espécies e dos Ecossistemas Brasileiros.
  2. Índices da Biodiversidade e de Investimentos das Unidades de Conservação de Proteção Integral do Nordeste Brasileiro.
  3. Caracterização e Mapeamento de Serviços Ecossitêmicos Culturais dos Parques Nacionais do Nordeste Brasileiro.
  4. Avaliação Socioambiental do Perfil dos Usuários da Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais (APACC) com foco em Conservação.

2014

  1. Mapeamento do Conhecimento Científico sobre Conservação e Agricultura Sustentável na Amazônia, Caatinga e Cerrado.
  2. Perfil das Comunidades do Entorno das Áreas Potenciais para a Reintrodução do Mutum-de-alagoas (Pauxi mitu).
  3. Atitude e Valores das Comunidades aplicados à conservação da Caatinga: Estudo de Caso nos Parques Nacionais da Chapada Diamantina e Vale do Catimbau.

2013

  1. Biogeografia Funcional de Folhas da Amazônia: Uma abordagem temporal e espacial.
  2. Atitudes e valores das comunidades do entorno de áreas protegidas aplicados à conservação da Caatinga: Estudo de caso nos Parques Nacionais da Chapada Diamantina e do Catimbau.