Quem Somos

 

12977063_1265968550098354_2914300387063976332_o

Somos uma grande família. Nosso trabalho é multi e interdisciplinar, refletindo nossos interesses em ecologia, conservação aplicada, biogeografia, educação e comunicação da ciência. Nosso objetivo é sempre considerar uma abordagem interdisciplinar da ciência da conservação e ecologia, que incorpora ideias e quadros de diversas disciplinas (incluindo as ciências sociais) para melhor abordar questões fundamentais como a extinção, a diminuição das populações e os impactos das mudanças climáticas na biodiversidade. Nosso trabalho atual está dividido em cinco áreas principais que se sobrepõem:

Área 1: Biogeografia da Conservação

Área 2: Ecologia e Evolução

Área 3: Comunicação e entendimento público de conservação

Área 4: Práticas de Conservação

Área 5: Cultura da Ciência

Saiba mais sobre a história de cada integrante do grupo de pesquisa! Clique nas fotos para acessar o Currículo Lattes!

Pesquisadores do Laboratório

richardDr. Richard J. LadleBritânico, concluiu o doutorado em ecologia teórica em Oxford em 1993 e possui experiência comprovada em ciência da conservação, biogeografia, a teoria evolutiva, ecologia, a compreensão pública da ciência ambiental, desenvolvimento sustentável e turismo sustentável. Casado com a pesquisadora Ana Malhado, pai da Jasmine e Beatrice. Se você gosta de reunir com os amigos, tocar guitarra, dançar, tomar caipirinha e também torcer pela seleção de futebol do Brasil em tempos de copa do mundo, você tem algumas coisas em comum com ele. Atualmente, é pesquisador sênior associado à Escola de Geografia e o Meio Ambiente da Universidade de Oxford, no Reino Unido e orienta alunos vinculados ao Programa de Pós-Graduação do curso de biologia da UFAL em parceria com pesquisadores nacionais e internacionais / British ecologist Richard Ladle has worked in Brazil since 2009 and is currently Titular Professor of Conservation Biogeography at UFAL and head of LACOS21. He is also Senior Research Associate in the School of Geography and the Environment at the University of Oxford, UK. 

anamalhadoDrª. Ana Cláudia Mendes MalhadoÉ natural de Sorocaba, São Paulo. É formada em ecologia na UNESP, com pós-graduação “magister” na Espanha e doutorado com Biogeografia Funcional de folhas em Oxford. Adora acompanhar bem de perto o desenvolvimento acadêmico dos orientandos, é um misto de orientadora formadora, que leva a sério a formação integral dos orientandos, disponível mesmo com um dia que parece ter  26 horas e crítica  por acreditar  que tudo tem que melhorar. De todos os seus feitos, seu maior orgulho é Jasmine e Beatrice, suas filhas com Richard Ladle. Tem experiência em Ecologia da Amazônia, interações da biosfera-atmosfera, biodiversidade, conservação, ecologia de ecossistemas, desenvolvimento sustentável, biogeografia, características funcionais das comunidades, entre outros. Esta credenciada ao Programa de Pós-Graduação em Diversidade Biológica e Conservação nos Trópicos da UFAL, responsável pela linha de pesquisa em Ecologia funcional e conservação.

Bolsistas de Pós-Doutorado Júnior CNPq

ricardo Dr. Ricardo Aleixo Henriques CorreiaLusitano, recém chegado ao Brasil. Graduado em Biologia Ambiental pela Universidade de Lisboa, mestre em Biologia da Conservação por essa mesma Universidade e doutorado em Ciências Ambientais  com foco em modelação climática, ecologia de comunidades e estudo de movimento animal pela University of East Anglia e Universidade de Lisboa. O seu jeito de falar de modo particular faz-no lembrar da nossa origem linguística, mesmo com a distinção de pronuncia em algumas palavras. Em termos de experiência de pesquisa, já fez de tudo um pouco. Peixe, insetos, morcego e principalmente as aves, grupo biológico no qual tem uma dedicação maior, já foram alvo das suas pesquisas cientificas. É Bolsista de Pós-doutorado  Júnior do CNPq  vinculado ao Programa de Pós-Graduação do curso de biologia da UFAL.

sem-tc3adtulo1Drª Juliana Stropp CarneiroEcóloga, formada pela UNESP Rio Claro. Conclui o mestrado em Ecologia pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e doutorado pela Universidade de Utrecht, UU, Holanda. O foco das suas pesquisas é biodiversidade e conservação de florestas tropicais. No momento, seu principal desafio é criar mapas de ignorância sobre biodiversidade. Tem experiência em ecologia de floresta tropical e biogeografia, atuando na África e Amazônia. Atualmente, é colaboradora do Laboratório de Ecologia e Conservação da UFAL.

Scotland

Dr. Davi Teles Vinhas Santos – Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Bahia (2005). Desde 2007 está diretamente envolvido com ações que visam a conservação dos mamíferos no interior de unidades de conservação. Durante o mestrado, desenvolveu um projeto que teve como objetivo compreender a relação entre espécies de carnívoros e as pessoas em pequenas aldeias localizadas em uma Unidade de Conservação, no interior da Amazônia brasileira. O projeto foi realizado por meio de entrevistas e observações de campo e o principal objetivo do projeto foi verificar a percepção humana de espécies de carnívoros, e, consequentemente, para propor ações de gestão. Após a conclusão do mestrado, começou a trabalhar com a Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Amazonas no desenvolvimento de um programa de monitoramento comunitário. Terminou o trabalho no governo em 2010 e foi para University of East Anglia trabalhar com o Prof. Carlos Peres, como pesquisador associado, em um projeto que se tornou sua pesquisa de doutorado. Começou como estudante PHD em abril de 2012, financiado pelo governo brasileiro, terminando o curso em 2016. Seu doutorado teve como principal tema o uso de bacias hidrográficas como unidade de planejamento, gestão e manejo na conservação da Amazônia. Desde Março 2017 é bolsista de pós-doutorado pela Universidade de Alagoas, associado ao PELD APA Costa dos Corais.                                 

Sem título

Dr. João Vitor Campos SilvaGraduado em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), fez o mestrado em Ecologia pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) e o Doutorado também em Ecologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Seu principal interesse é a biologia da conservação. Suas  linhas de pesquisa incluem aves, pesca, monitoramento participativo, manejo comunitário, populações tradicionais, uso de recursos naturais e áreas protegidas.

 

Doutorandos do PPG-DIBICT/UFAL

adriana MSc. Adriana dos Santos CostaNatural de Maceió, Alagoas. É bacharela e licenciada em Ciências biológicas pela Universidade Federal de Alagoas-UFAL, mestre em Biologia Vegetal pela Universidade Federal de Pernambuco. Tem experiências em Botânica Sistemática, levantamentos florísticos e estruturais em comunidades vegetais na mata atlântica restauração florestal, docência do ensino superior e estudos da dinâmica sucessional na Floresta Amazônica.   É cristã e dedica-se as horas livres a família, amigos e a igreja. Adora filmes e músicas brasileiras e as praias do litoral alagoano. Atualmente, é integrante do Laboratório de Biogeografia da Conservação  onde pretende   desenvolver projetos de pesquisas sobre  as áreas protegidas sob supervisão dos pesquisadores Ana Malhado e Richard Ladle.

gilmarMSc. José Gilmar Cavalcante de Oliveira JúniorAlagoano distinto. Bacharelou-se em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Alagoas em 2013. Atualmente é mestrando no Programa de Pós-Graduação em Diversidade Biológica e Conservação nos Trópicos, sob orientação dos professores Vandick Batista e Richard Ladle. Focado e atraído pela conservação dos ecossistemas, especialmente o marinho, área a qual  desenvolve sua dissertação de mestradoPossui interesse acadêmico também por estudos com abordagem etnoecológica e de manejo de pesca, especialmente artesanal. Sempre solicito, empenha-se em fazer o máximo, desde que esteja ao seu alcance, para ajudar aquele de que dele precisa. Almeja desenvolver seu doutorado abordando o beneficiamento genético de Áreas Marinhas Protegidas e está se empenhando em construir os pilares de sua carreira acadêmica. Possui profundo respeito pela vida e pelo mundo natural com seus componentes bióticos e abióticos, mas não é radicalmente contra a interação entre homem e natureza. Acredita que a utilização racional e sustentável dos recursos é a chave para a perpetuação da vida no planeta.

gaioguedesMSc. Jhonatan Guedes dos SantosMaceioense, também conhecido como Gaio, graduou-se em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e desenvolveu seu mestrado em análise da capacidade de conhecimento da Amazônia. Atualmente desenvolve sua pesquisa de doutorado sobre a resiliência social das Áreas Protegidas no Programa de Pós-Graduação em Diversidade Biológica e Conservação nos Trópicos (UFAL). Interessado em formas de avaliar os padrões por trás da interação humana com a natureza, está sempre em busca de novas percepções sobre como nossas relações se desenvolvem culturalmente no espaço e no tempo. Também divide o tempo do doutorado com o trabalho na secretaria do PPG em Ciências da Saúde.

 

Mestrandos do PPG-DIBICT/UFAL

brunoBruno Umbelino da Silva Santos  – Graduado em Ciências Biológicas modalidade Bacharelado pela Universidade Federal de Rondônia (UNIR), atualmente é mestrando no Programa de Pós Graduação em Diversidade Biológica e Conservação nos Trópicos (PPG-DIBICT/UFAL) com o projeto intitulado: “Mapeando a perda do conhecimento da biodiversidade na Amazônia em função do desmatamento histórico e futuro”. Foi estagiário do Herbário Rondoniensis e bolsista CNPq no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) junto ao Laboratório de Botânica da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Tem experiência na área de ecologia vegetal, fitogeografia, biogeografia da conservação e carbono florestal. Atualmente, trabalha com uso de banco de dados para estudos de macroecologia e biogeografia.

felipeFelipe Alexandre Santos Vieira – Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Alagoas (2017) e atualmente é mestrando do PPG de Diversidade Biológica e Conservação nos Trópicos, na mesma instituição. Foi bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) entre os anos 2014 e 2017. Tem experiência e interesse pelos aspectos políticos e sociais da conservação da natureza, atuando na avaliação de serviços ecossistêmicos culturais fornecidos por áreas naturais.

janissonJanisson Willames dos Santos – Graduado em Ciências Biológicas modalidade Licenciatura pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), atualmente é mestrando no Programa de Pós Graduação em Diversidade Biológica e Conservação nos Trópicos (PPG-DIBICT/UFAL) com o projeto: “Potencial de fotografias georreferenciadas como ferramenta para conservação.” Foi estagiário no Laboratório de Mastozoologia do Museu de História Natural da UFAL e bolsista CNPq no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) junto ao Laboratório de Conservação no Século XXI (LACOS 21). Tem experiência na área de Ecologia de Pequenos Mamíferos e Georreferenciamento.

 

Bolsistas de Iniciação Científica CNPQ/UFAL/FAPEAL

thainalessaThainá Lessa Pontes SilvaNascida na Terra dos Marechais. É uma jovem Maceioense graduanda do curso de bacharelado em Ciências Biológicas da  Universidade Federal de Alagoas. Bolsista do Programa Institucional de Iniciação Científica-PIBIC do CNPq. Faz parte do LACOS21 desde 2013, e atualmente desenvolve o projeto “Fragmentos Florestais prioritários para conservação no Estado de Alagoas”. Tem experiência com manejo e reabilitação da fauna silvestre, e ecologia e conservação de pequenos mamíferos. Durante a graduação estagiou e aprendeu em diversos órgãos como o CETAS/IBAMA, RioZoo e MHN/UFAL. Aventuras, viagens e pesquisas são suas atividades favoritas. Está sempre disposta a entrar em mais algum projeto ou ajudar o grupo de pesquisa.

allex Allex Ferreira Fradique da SilvaNatural de Maceió – AL.  Nascido e criado na capital Alagoana, mas atualmente residente em Coruripe -AL. Nordestino de corpo e alma, com orgulho. Bacharel em Comunicação Social pelo Centro Universitário CESMAC. Atualmente graduando em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Alagoas-UFAL. Pretende aproveitar tudo que as Ciências Biológicas possa proporcionar. Tem interesse, em especial, por Ecologia, Zoologia, Conservação da Biodiversidade. São esses os principais temas que  tanto o fascina.

inae Inaê Farias Vieira DantasNatural de Campina Grande- Paraíba, mas alagoana de coração. Graduanda em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Alagoas. Foi estagiaria do laboratórios Integrados de Ciências do Mar e Naturais (LABMAR), na área de Carcinologia.  Tem interesse na área de ecologia e conservação, adora estar em contato com a natureza.

 

evelyneEvelynne Leticia dos Santos Farias Cardoso de Barros – Acadêmica de Ciências Biológicas na Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Cursando o quarto período de Bacharelado. Tem experiência na área da Biologia Marinha, com o grupo Crustacea.

 

nicolliNicolli Albuquerque de CarvalhoNatural de Maceió-AL e graduanda em Engenharia Ambiental e Sanitária pela Universidade Federal de Alagoas; escolheu o curso em função de seu vasto campo de atuação e interdisciplinaridade. Atua no LACOS 21 como bolsista do programa institucional de iniciação científica (PIBIC) no projeto “Monitoramento preciso da distribuição, extensão dinâmica de habitat e uso do solo na APACC”. Gosta de ler, dialogar sobre diversos temas, e está sempre em busca de experiências que proporcionem aprendizado e desafios que permitam a construção de novos valores e perspectivas.

 João Arthur Gaia da Rocha Almeida

Alunos de Trabalho de Conclusão de Curso – TCC

Thainá Lessa Pontes Silva

Juliana Verçosa Batinga

 

Pesquisadores Associados

chiarabragDrª Chiara Bragagnolo – Nasceu em Castelfranco Veneto, Nordeste da Itália. Possui graduação e mestrado em Ciências Ambientais pela Università “Ca’ Foscari” de Veneza, doutorado em Engenharia Ambiental pela Università de Trento (Itália) e pós-doutorado pela Universidade dos Açores (Portugal). Desde 2013 é integrante do LACOS 21 onde foi bolsista de pós-doutorado júnior do CNPq, coordenando vários projetos de pesquisa que objetivaram estudar a percepção de moradores acerca de Unidades de Conservação terrestres e marinhas no Nordeste do Brasil. Sua pesquisa visa á conservação e gestão ambiental, focando principalmente nas áreas de: avaliação e planejamento ambiental, conservação da natureza, gestão e governança de áreas protegidas. Tem interesse em princípios agroecológicos e da permacultura e atua ativamente como meliponicultora fomentando a criação racional de abelhas sem ferrão na região da Chapada Diamantina (Bahia). Adora a cultura e musica popular brasileira. Nas horas livres dedica-se á: culinária, prática da capoeira, fotografia e artesanato.

guida

Drª. Ana Margarida Coelho dos SantosPossui graduação em Biologia Aplicada   aos Recursos Animais Terrestres pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (2003). Terminou o doutorado em Ecologia e Biogeografia de Insetos parasitoides em Ilhas, no Imperial College London (2010). Foi pesquisadora pós-doc na Universidade Federal de Goiás e também no Centro de Biologia Ambiental (Lisboa, Portugal). Atualmente está fazendo um pós-doc no Museo Nacional de Ciencias Naturales (Madri, Espanha). Tem experiência na área de Ecologia e Biogeografia de Ilhas, e também Ecologia de Comunidades, com ênfase em Biodiversidade, Ecologia das Comunidades, Entomologia e Diversidade funcional.

hortal

Dr. Joaquin Hortal Munoz – Possui doutorado pela Universidad Autónoma de Madrid (2004), Museo Nacional de Ciencias Naturales (CSIC). Atualmente é pesquisador contratado RyC – Museo Nacional de Ciencias Naturales (CSIC). Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Biogeografia e Biodiversidade, atuando principalmente nos seguintes temas: macroecologia, ecologia de comunidades e biogeografia de ilhas.

 

Pesquisador Visitante do Exterior – PVE

Dr.pjepson Paul Jepson – Construiu carreira na área da Política e Manejo para Conservação, tendo sido consultado por um grande número de organizações intergovernamentais e não-governamentais. Também foi  diretor do MSc in Nature Society and Environmental Policy (2007-2013). Antes disso, teve bolsa de pesquisa na categoria Senior Research no Environmental Change Institute e no Skoll Centre for Social Entrepreneurship. Atualmente é diretor no MSc in Biodiversity, Conservation and Management da Universidade de Oxford e lidera o Conservation Governance Lab, que trabalha buscando gerar novos e criativos insights para auxiliar a assegurar a relevância e impacto da conservação no século 21.

 

Pesquisadores Colaboradores

10403212_704088373045481_4184230787875366526_nAlbérico José de Moura Saldanha-Filho – Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Alagoas (2002) e Mestrado em Ecologia e Biomonitoramento pela Universidade Federal da Bahia (2007). Atualmente, é professor do Centro Universitário Tiradentes (UNIT-Alagoas), da Faculdade Figueiredo Costa, da Faculdade de Tecnologia de Alagoas FAT e de cursos de pós-graduação. É membro do Comitê de Ética em Pesquisa da Unit-Alagoas com registro aprovado pela CONEP/CNS/MS. Tem experiência na área de Ecologia, Zoologia, Anatomia, manejo ambiental, recuperação de áreas degradadas, Etologia, inventários de fauna e educação, dentre outras.

14492570_116200958843770_8470391252918846557_nAmesson Marques da Costa – Geógrafo, graduado pela Universidade Federal de Alagoas, mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Recursos Hídricos e Saneamento (PPGRHS/CTEC) da Universidade Federal de Alagoas. Atua nas áreas de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Hidrogeoquímica, Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto. É membro do Núcleo Temático de Pesquisa Hidroambiental do Baixo São Francisco e do grupo de pesquisa em Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto em Estudos e Modelagens de Sistemas Ambientais – CNPq

18157929_1552320628111574_2098624834098102318_nCarolina Neves Souza – Possui graduação em Ciências Biológicas pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió (2010). É mestra em Gestão e Politicas Ambientais pelo Programa de Desenvolvimento e Meio Ambiente da Universidade Federal de Pernambuco; desenvolveu sua pesquisa na área da governança ambiental em unidades de conservação. É educadora ambiental do INSTITUTO YANDÊ: Educação, Cultura e Meio ambiente. Tem experiência na área de Ciências Ambientais, com ênfase em Educação Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão pública, educação ambiental e conservação ambiental.

18301260_1298011736920040_6418188906234063731_nIran Campello Normande – Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Pernambuco (2004) e mestrado em Diversidade Biológica e Conservação nos Trópicos pela Universidade Federal de Alagoas (2014). É Analista Ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, atuando como Chefe da Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais – AL/PE. Tem experiência na área de Biologia da Conservação e Ecologia de Populações, com ênfase em ecologia e conservação sirênios e atua principalmente nos seguintes temas: telemetria, reintrodução, translocação e manejo de vida silvestre e gestão de áreas marinhas protegidas.

13319858_10209654729947376_38795852757106459_n

Gabriela Mota Gama – Possui graduação em Ciências Biológicas Bacharelado pela Universidade Federal de Alagoas/UFAL (2013) e Mestrado em Diversidade Biológica e Conservação nos Trópicos (2015). Atualmente é voluntária do Instituto para a Preservação da Mata Atlântica e colaboradora do Laboratório de Biogeografia e Conservação do Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde/ICBS da UFAL. Tem experiência na área de Ecologia, produção de mudas de espécies florestais, criação de RPPNs, elaboração de projetos na área de conservação, desenvolvimento sustentável e pesquisa social aplicada a conservação.

303325_400167343329609_1388619555_nJúlia Tovar Verba – Mestre em Biologia (Ecologia) – Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Possui graduação em Ciências Biológicas – Licenciatura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2009). Fez estágio nos laboratórios de Ictiologia da PUCRS e da Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul. Foi membro do Programa Macacos Urbanos, de Porto Alegre. Foi bolsista CNPq do projeto: Aplicações de sequenciamento de nova geração para o desenvolvimento de marcadores moleculares sexo-específico do pirarucu (Arapaima gigas): auxílio para aquicultura na região Norte, no Laboratório de Evolução e Genética Animal – UFAM. Tem interesse em conservação, especialmente de ambientes aquáticos e recursos pesqueiros, genética da conservação e em trabalho relacionados a Conhecimento Ecológico Local. Atualmente é aluna de doutorado em Ecologia – UFRN, pesquisando sobre estoques pesqueiros de espécies de peixes marinhos importantes economicamente, utilizando abordagens integradas: conhecimento ecológico tradicional, filogeografia e modelagem de distribuição e abundância de espécies.

10015046_610434449031862_1087259278_nNorah Costa Gamarra – Latino americana com origens Bolivianas e naturalidade Alagoana, carrega laços indígenas das duas partes. Bacharela em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Alagoas e Mestre pelo Programa de Pós-Graduação de Diversidade Biológica e Conservação dos Trópicos da mesma Instituição. Participa do projeto Atitudes e valores das comunidades do entorno de áreas protegidas aplicadas à conservação da Caatinga nos Parques Nacionais da Chapada Diamantina e Catimbau. Apaixonada por estudos etnoecológicos e a relação de populações e comunidades com o meio ambiente, em prol da conservação, terá por tema da sua dissertação essa temática.

12096389_1004885069533616_1639007060871093213_nLuis Hernán Acosta Salvatierra – Possui graduação em Biología pela Universidad Autonoma Gabriel René Moreno (2002). É mestre pelo Programa de Pós-Graduação de Diversidade Biológica e Conservação dos Trópicos, na Universidade Federal de Alagoas. Atualmente é Pesquisador do Museo de Historia Natural Noel Kempff Mercado. Tem experiência na área de Zoologia e Morcegos.

10173732_874702005896953_7688470205968535698_nRose Mendes